As chapas perfuradas abrangem diversos tipos de utilização prática que vão desde filtragem de materiais sólidos em processos industriais até inusitados projetos arquitetônicos, quando muitas vezes passa a ser utilizada para fins puramente estéticos.

Caso você esteja pensando em adotar o uso de chapas perfuradas no eu projeto (seja ele qual for), saiba que existem furos dos mais diversos tipos.

Furos retangulares, quadrados, oblongos, losangulares, hexagonais e diversos outros são apenas alguns dos modelos que existem por padrão – isso sem contar os especiais, que podem ser encomendados de acordo com o formato desejado.

furos chapas

Escolhendo uma Placa Perfurada

Como regra geral, a espessura e a dureza da placa perfurada estabelecem determinadas limitações. Características como o tamanho, o formato e o diâmetro dos furos influenciam diretamente.

Geralmente, o tamanho do furo deve ser superior a espessura da chapa perfurada.

É importante lembrar também que materiais diferentes terão limitações diferentes. Por exemplo o aço carbono não é igual ao aço inoxidável, e é preciso perguntar isso ao fabricante da chapa perfurada.

Além disso, é preciso considerar também qual será a área perfurada.

É interessante notar que quanto maior a área perfurada, maior será o rendimento da chapa, porém com menor resistência. Assim como, quanto menor área perfurada, maior a resistência e menor o rendimento.

Padrões de Chapas Perfuradas

chapa com furo

Considere também que, caso seja necessário, é possível fazer uma chapa com apenas uma parte perfurada e outra parte lisa, por exemplo.

As placas possuem diversos tamanhos padrões, e preferi-los pode ser mais barato. Isso porque todo o material será produzido diretamente na usina sem necessidade de customizações no processo, o que muitas vezes encarece o produto final.

Também podem ser feitos vários acabamentos, como chapas lixadas, curvadas, dobradas, cortadas e inclusive estampados com pinturas diferenciadas.

Além disso, dependendo da finalidade da chapa perfurada, pode ser encomendado um tratamento de superfície para revesti-la e protegê-la, como por exemplo o revestimento especial de impermeabilização, galvanização a frio ou quente, cimentação, nitratação, entre outros.

Ao encomendar uma chapa perfurada, é necessário separar algumas informações específicas.

Determine o número de peças, o tipo de material ou metal que você precisará, a espessura, o comprimento e a largura da sua placa. O tipo de perfuração, a distância entre os furos e a forma como estarão dispostas, se haverá ou não partes não perfuradas e também o tipo de acabamento ou tratamento que sua chapa precisa ter.

Caso você tenha dúvidas e não saiba por onde começar nem especificar, entre em contato com diversos fabricantes e solicite a eles um catálogo completo.

Esse material costuma ser disponibilizado pelas próprias empresas e existem informações bastante técnicas contidas neles. Solicite também a ajuda de um consultor.

Mais Informações